5 tendências para o marketing digital em 2020

O marketing digital vem crescendo e ganhando espaços no planejamento estratégico das empresas. Isso se dá pelo fato de que os hábitos dos consumidores estão mudando e o crescimento do e-commerce (mercado eletrônico) se mostrou uma questão de sobrevivência para os micros e pequenos negócios.

No ano de 2020 entramos em um contexto muito incomum se comparado a nossa realidade habitual: vivemos uma pandemia. Esse período está sendo determinante para as empresas, pois há possibilidade de uma forte crise econômica, que principalmente, afetam as micro e pequenas empresas. Por conta deste motivo, os consumidores adaptaram os seus hábitos de consumo à nova realidade, e com o distanciamento social, as estratégias de e-commerce e marketing digital foram ampliadas para proporcionar uma solução aos problemas atuais das empresas.

Por isso, destacamos neste artigo 5 tendências para o marketing digital em 2020 e que prometem perdurar:

  1. Aumento da personalização

Atualmente, essa é uma das principais tendências no mercado. Se você tiver atenção ao acessar os sites, aplicativos, blogs e redes sociais, perceberá que o conteúdo que você está consumindo está sendo cada vez mais personalizado. Isso quer dizer que a personalização dos conteúdos considera sua experiência na internet. O que você escuta, lê, compra, comenta... Tudo é captado, analisado e devolvido em forma de conteúdos personalizados. Esse é um dos motivos de algumas pessoas sentirem que estão sendo “monitoradas” na internet pois, quando realizam a busca por um determinado produto, esse produto e os similares começam a aparecer em todas as redes que o usuário acessa. O objetivo disso é fazer com que o consumidor realize a compra, já que está constantemente sendo persuadido. A interface personalizada das plataformas tem a tendência de converter mais acessos em vendas, além de melhorar a experiência do consumidor. Prova disso é uma pesquisa da Accenture Interactive que mostrou que 91% dos consumidores são mais prováveis de comprar com marcas que reconhecem, lembram e fornecem ofertas e recomendações relevantes.

  1. Conteúdos em áudio

As buscas por conteúdo de voz vêm crescendo muito e por buscar um conteúdo mais assertivo, dinâmico e rápido, o público tem aderido ao conteúdo por meios sonoros. Além disso, o conteúdo em áudio pode ser consumido em qualquer lugar. Hoje, um recurso muito utilizado por sites conteudistas e de entretenimento é a inclusão de um player em que o usuário, ao invés de ler o conteúdo, pode optar por ouvir (inclusive numa versão acelerada).Um exemplo claro de conteúdo por voz são os podcasts. Uma pesquisa realizada pela plataforma de streaming Deezer apontou que em 2019 o crescimento do consumo no Brasil através de áudio foi de 67%. A tendência é que o crescimento que ocorreu em 2018 e 2019 se repita de 2020.

  1. Digital Influencers

Digital Influencers (influenciadores digitais) são pessoas que, por meio de conteúdos nas redes sociais voltados a seu público, geram autoridade e se tornam capazes de influenciar outras a adotar comportamentos, consumir algum produto, refletir sobre determinados assuntos etc. É uma nova profissão que surgiu com o crescimento da tecnologia, redes sociais e e-commerce. A tendência para 2020 é que o papel dos influenciadores no marketing digital cresça cada vez mais, dado que o marketing de influência tem se tornado cada vez mais relevante nas estratégias de marketing das empresas.

  1. Humanização x Automação

A utilização da automação é um recurso muito utilizado para facilitar a comunicação com o público e a realização de vendas. Mas, um fator que está crescendo muito no marketing digital é a humanização. Essa humanização se dá ao fato de que pessoas se conectam com pessoas, ou seja, uma comunicação que pareça de um “robô” para uma pessoa pode não gerar conexão. É importante entender que as empresas precisam gerar lucro através das vendas de seus produtos, mas, que além de necessidades a serem atendidas o público possui anseios, sentimentos, pensamentos sociais e políticos e vontades.

Entendendo isso, redes sociais como o Instagram, por exemplo, desenvolveram formas de “punir” os perfis que utilizam certos tipos de automação. É claro que esse fato não exclui o uso de todas as formas de automação, já que a automação é um recurso muito útil para gerar interessados, aquecer a audiência e realizar vendas. É possível ter uma comunicação humanizada e utilizar automação. O importante é que o uso da automação seja personalizado e que sua empresa entenda que existe um humano “do outro lado” na hora de se comunicar.

  1. SEO

SEO é o acrônimo de , que significa otimização para ferramentas de busca. Com o SEO, a sua empresa pode ser encontrada com uma maior facilidade pelos usuários de forma orgânica (sem utilizar anúncios pagos). É importante estudar e utilizar técnicas de SEO pois, segundo pesquisa do Search Engine Land, cerca de 70% a 80% dos usuários ignoram completamente os anúncios pagos. Além disso, 75% dos usuários nunca clicam em resultados após a primeira página dos resultados de pesquisa (imFORZA). Esses estudos mostram que o alcance orgânico é muito importante para as empresas e, além de bons conteúdos e produtos, utilizar as técnicas de SEO podem ajudá-las a serem encontradas com maior facilidade em sites de busca como o Google.


0 visualização

Acesse o mapa de nosso site

  • LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter

Formações

Modelo de Gestão por Resultados ® - MGR

Copyright © 2019 Arcanjo & Company. Todos os direitos reservados. Arcanjo Consultoria Empresarial e Desenvolvimento Humano Ltda. CNPJ: 20.772.110/0001-89.

Avenida Governador Agamenon Magalhães, 2936, sala 1303, Espinheiro, Recife - Pernambuco CEP 52020-000.